banner

Destaques

Após meses de luta, Agentes Penitenciários conseguem aprovação do projeto dos níveis







Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte conseguiram uma importante vitória, nesta quinta-feira (21), tendo o projeto que estabelece os níveis da categoria sido aprovado na Assembleia Legislativa. O Sindasp-RN ressalta que foram vários meses de luta por esse projeto e, nos últimos dias, a luta se intensificou ainda mais, levando, inclusive, os agentes a deflagrarem uma greve.

Vilma Batista, presidente do Sindicato, ressalta que a categoria continua mobilizada, pois ainda existe a situação dos salários atrasados e precisa cobrar do Governo do Estado a sanção e implantação dos níveis. Porém, as atividades nas unidades prisionais estão sendo retomadas após a votação do projeto.

"Teremos pela frente grandes batalhas. O projeto que foi enviado pelo Governo e votado na Assembleia Legislativa não é o ideal, mas a categoria avaliou e deliberou por aceitar, entendendo a situação econômica do Estado e mantendo a consciência de que será preciso continuar lutando por melhorias", ressalta.

De acordo com Vilma Batista, 2018 será um ano de novos desafios e os agentes penitenciários precisam estar unidos.

"Todos estão de parabéns pela luta realizada nos últimos dias, pela doação e sacrifícios feitos para que pudéssemos ter esse projeto aprovado. Infelizmente, fomos pegos de surpresa de última hora com um projeto nocivo e tivemos que correr contra o tempo para que tivéssemos nosso objetivo alcançado. Sabemos que não era exatamente o que queríamos e o que era justo, mas aceitamos por entender que o novo projeto, mesmo com mudança nos percentuais, contempla a criação dos níveis", afirma.

Ela ainda completa: "O subsídio não é o ideal, porém, infelizmente, é um modelo adotado em várias polícias no Brasil e a implantação desse formato não impede nossa categoria de conquistar na Justiça os adicionais, bem como continuaremos a lutar por mais verbas indenizatórias, enquanto buscamos nossa reposição salarial. Vamos lutar por melhorias salariais em 2018, pela reforma do nosso Estatuto e por melhores condições de trabalho. Em 2017, tivemos avanços importantes, no entanto, o servidor público é sempre massacrado pelos gestores e, por isso, nunca param de lutar".

A presidente do Sindasp-RN finaliza convocando os agentes penitenciários a continuarem mobilizados, pois é preciso pressionar o Governo do Estado pelo pagamento dos salários e do 13º.

"O Governo precisa encontrar caminhos para reverter esse quadro. A crise não é culpa dos servidores e não podemos pagar o alto preço da falta de gestão pública. Nós já sofremos bastante com as péssimas condições de trabalho e a falta de valorização, então, não podemos agüentar os constantes atrasos de salários", finaliza.

Tecnologia do Blogger.