Contraste:

banner

Sindasp-RN participa de reunião com Governo do Estado sobre situação salarial


O Sindasp-RN esteve presente, nesta sexta-feira, 27, na reunião do Fórum de Servidores com o Governo do Estado. As categorias foram cobrar o pagamento dos salários atrasados, bem como a definição do calendário dos próximos meses.

Novamente, a equipe do Governo alegou que aguarda recursos extras, mas reafirmou o compromisso de destiná-los, tão logo estejam disponíveis, para pagamento de salários. Foi dito que, por enquanto, o valor assegurado é de R$ 120 milhões obtidos com a venda da folha, e o repasse será feito em dezembro.

No entanto, o Governo alega que trabalha para obtenção  de outros recursos, como cessão onerosa do pré-sal e empréstimo utilizando os royalties como garantia. Foi garantido ainda a manutenção do pagamento dos próximos três meses em dia, inclusive, com os servidores da segurança recebendo no dia 15 o valor integral.

Para as demais categorias, será feito pagamento no dia 15 de outubro para quem ganha até R$ 3 mil. Em novembro e dezembro, o valor do pagamento no dia 15 será para a faixa salarial até R$ 4 mil, tendo o restante dos vencimentos quitados ao fim de cada mês. O Governo ainda disse que pagará o 13º de 2019 em dezembro, mas não estabeleceu data.

O Sindasp-RN informa que alertou a equipe do Executivo para a situação difícil em que os servidores penitenciário vivem, ainda em decorrência dos salários atrasados. A categoria cobra que os passivos seja quitados para conseguir reajustar a vida financeira.

O sindicato ainda alertou que está concluindo a reforma estatutária, conforme acordado com o próprio Governo, e lembrou que um dos pontos do acordo é o tratamento isonômico entre as forças de segurança. Por isso, assim como o projeto da Polícia Militar foi enviado para Assembleia, o Sindasp-RN espera que, em breve, os agentes penitenciários possam ter sua reforma contemplada.

Tecnologia do Blogger.